Entenda qual o melhor momento para fazer o alongamento

Existem técnicas e intensidades diferentes de acordo com o objetivo que você quer alcançar

Olá pessoal!
Hoje vamos falar um pouco sobre Alongamento e entender mais sobre esse tema que às vezes gera algumas polêmicas!

Primeiro temos que entender um pouco sobre o assunto! Quando fazemos um Alongamento em nossa musculatura, nós basicamente “esticamos” as nossas fibras musculares pela tensão gerada. Isso faz com que os “encaixes” dessas fibras musculares voltem a se alinhar e ficam melhor preparados para uma nova contração.

Jornalista Vivi Costa alongando eu seus treinos

Dependendo da intensidade desse alongamento, nós também trabalhamos flexibilidade, mas este é um objetivo específico.
Quando estamos em atividade física, além da musculatura, estão envolvidas várias outras estruturas do nosso corpo, como os tendões, ligamentos, articulações…  Logo, também é importante prepará-las para o esforço que virá.

As nossas articulações, por exemplo, possuem um líquido que as envolve e serve para lubrificação. Os tendões e ligamentos possuem membranas que os protegem durante as contrações musculares. Porém, para que todas essas estruturas fiquem “prontas” para o uso, é importante aumentar o fluxo sanguíneo com o aumento da temperatura corporal

Assim, é mais interessante antes da Atividade Física, realizar um bom aquecimento do corpo! Começar com uma atividade mais leve e aos poucos progredir para a intensidade desejada. O alongamento antes da atividade não trará malefício, mas é pouco eficiente, pois atua somente na musculatura.

Jornalista Vivi Costa alongando eu seus treinos

Há alguns estudos que afirmam que caso a intensidade da atividade seja muito intensa e de curta duração, como um treino de força na musculação, o atleta pode ainda perder performance fazendo um alongamento antes do treino!

Porém, após a atividade física, busca-se uma melhor recuperação da musculatura e neste caso é super interessante realinhar as fibras musculares para que elas se recuperem mais rápido. Assim, o alongamento é super válido! Mas atenção com a intensidade! Esse alongamento pós- treino deve ser leve, ou no máximo moderado. Após um treino intenso, com a musculatura ainda muito tensa, fazer um alongamento também forte pode gerar lesões musculares e não trará benefícios!

É isso!

Vamos nos manter ativos e saudáveis pessoal!

Um abraço!

Por:

Filipe Aragão – professor de Educação Física e especialista em fisiologia do exercício

@flipe.aragao_time
Treinador da TIME Assessoria Esportiva

VEJA TAMBÉM

Cientistas dizem ter descoberto por acaso órgão misterioso no centro da cabeça humana

Uma equipe de pesquisadores na Holanda acredita que pode ter encontrado um novo conjunto de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *