Saiba como prevenir o glaucoma com mudanças estratégicas em seus hábitos!

26 de Maio – Dia Nacional de Combate ao Glaucoma

Eye, Human, Face, Vision, Look, Person, Eyeball, Iris
foto olho – pixabay

Doença silenciosa, quase não apresenta sintomas na sua fase inicial, provoca o aumento da pressão ocular e é capaz de causar cegueira se não for tratada à tempo. Saiba mais sobre a doença, suas causas, sintomas, tratamentos e prevenção.

Saiba como prevenir o glaucoma com mudanças estratégicas em seus hábitos!
O glaucoma refere-se a um grupo de doenças oculares que provocam danos irreparáveis ao nervo óptico. Normalmente, a água ocular é liberada através de um dreno na parte frontal do olho. Mas em decorrência do glaucoma, esse líquido fica bloqueado e, quando acumulado, provoca uma pressão na parte de trás do olho.
glaucoma olho

O glaucoma não tem cura, mas na maioria dos casos pode ser controlado com tratamento adequado. Quanto mais precoce for o diagnóstico, maiores serão as chances de evitar a perda da visão. Segundo o CBO (Conselho Brasileiro de Oftalmologia), 80% dos glaucomas não apresentam sintomas no início da doença. É preciso ficar atento aos sintomas. Os sintomas variam de acordo com o tipo de glaucoma. Veja abaixo os tipos de glaucoma, causas, sintomas e tratamentos de cada um deles:

Glaucoma de ângulo aberto É o tipo mais comum e tem tendência de ser hereditário, mas sua causa é desconhecida. Nele, um aumento na pressão ocular desenvolve-se lentamente, e a pressão elevada causa dano no nervo óptico acarretando, com o passar do tempo, a perda do campo visual. Sintomas:

  • Muitas pessoas NÃO apresentam sintomas até o início da perda da visão;
  • Perda gradual da visão periférica lateral, também denominada visão tubular.

A maioria casos de glaucoma de ângulo aberto pode ser tratado com colírios e/ou pílulas que agem para baixar a pressão ocular. Alguns casos podem precisar de outras formas de tratamento, como o tratamento a laser, ou até mesmo, uma cirurgia para abrir um novo canal para normalizar o fluxo de humor aquoso.

Glaucoma de ângulo fechado O percurso que se fecha é o que se localiza entre a córnea e a íris. Isso causa um aumento brusco da tensão e é preciso tratar com urgência para evitar uma lesão mais grave no nervo óptico. Sintomas:

  • Os sintomas podem ser intermitentes no início ou piorarem prontamente;
  • Dor grave e súbita em um olho;
  • Visão diminuída ou embaçada;
  • Náusea e vômito;
  • Olhos vermelhos;
  • Olhos de aparência inchada.

O glaucoma de ângulo fechado é uma emergência médica, podendo causar cegueira após alguns dias sem tratamento. Colírios, pílulas e medicamento intravenoso são utilizados para baixar a pressão. Em alguns casos, é necessária uma operação de emergência chamada de iridotomia. Este procedimento usa um laser para abrir um novo canal na íris, aliviando a pressão e prevenindo uma nova crise.

Glaucoma congênito A criança já nasce com a doença herdada da mãe na gravidez. São casos raros e devem ser tratados rapidamente logo que descobertos. Sintomas:

  • Os sintomas costumam ser notados quando a criança tem alguns meses de vida;
  • Nebulosidade na parte frontal do olho;
  • Aumento de um olho ou de ambos os olhos;
  • Olho vermelho;
  • Sensibilidade à luz;
  • Lacrimação.

Os casos glaucoma congênito são sempre tratados com cirurgia.

Então, como prevenir? Estudos recentes mostram uma série de fatores que ajudam na prevenção da doença, tais como alimentação, higiene e exercícios oculares. Alimentos como os listados abaixo ajudam na prevenção:

  • Frutas e verduras que sejam ricas em vitamina C
  • Cereais integrais
  • Sementes
  • Frutas secas
  • Espinafres
  • Couve
  • Frutas vermelhas
  • Tomates
  • Pepinos
  • Pimentas
  • Repolho
  • Brócolis
  • Couve-flor
  • Gema de ovo
  • Óleo de gérmen de trigo
  • Carne vermelha
  • Chá verde
  • Mariscos
  • Fígado
  • Leite
  • Toranja
  • Damascos
  • Milho
  • Queijos
  • Soja
  • Amendoins
  • Ostras
  • Azeitonas verdes
  • Abobrinhas

Além de consumir os alimentos indicados acima, para prevenir o aparecimento de pressão ocular é também aconselhável:

  • Praticar exercício regularmente;
  • Evitar atividades extenuantes;
  • Usar sempre óculos de sol;
  • Reduzir os níveis de estresse;
  • Praticar ioga, meditação e respiração profunda;
  • Consultar um oftalmologista, uma vez por ano, para um check-up geral;
  • Moderar o consumo de álcool;
  • Não abusar de medicamentos;
  • Moderar o consumo de cafeína;
  • Reduzir os alimentos ricos em açúcar.

Assim como nossos músculos precisam de treinamento, a vista também. Se você passa longas horas em frente ao computador, procure fazer intervalos regulares e reduza o brilho da tela. Com a cabeça parada, abra e feche os olhos, olhe para direita, depois para a esquerda, faça girar os olhos no sentido horário e depois anti-horário. Isso a ajuda a drenar os líquidos e as toxinas.

FONTE: Ótica verona

VEJA TAMBÉM

Você sabe como tratar as Olheiras?

Cosmetologist massaging young woman’s face with drainage sticks for dark circles Existem 3 tipos de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *